DICAS DE SAÚDE
Previna-se!

Mamografia: qual a importância do exame?

A mamografia é um raio-x das mamas. O exame ajuda a detectar possíveis sinais de câncer de mama antes mesmo do nódulo ser formado, principalmente em mulheres com tecido mais gorduroso nas mamas ou que estão na fase da pós-menopausa. Ela é indispensável para se chegar a um diagnóstico precoce de câncer de mama.

A mamografia pode ser de dois tipos

Mamografia de rasteio - faz parte dos exames de rotina, é usada para procurar sinais de câncer de mama em mulheres que não tem sintomas da doença. O médico compara o resultado do exame mais recente com os anteriores para ter um histórico de alterações nos seus seios.

Mamografia de diagnóstico - é feita para investigar quando há suspeita de câncer de mama. As imagens de alta qualidade do exame ajudam o médico a identificar tumores que ainda estão pequenos demais para serem sentidos durante o exame de toque.

Mas é bom lembrar: apenas o resultado da biopsia dá o diagnóstico definitivo para o câncer de mama. A mamografia apenas ajuda a identificar possíveis sinais da doença.

Como é feita a mamografia?

No exame, o técnico que vai realizá-lo ajudará você a posicionar as mamas no suporte da máquina. Essa máquina vai pressioná-las de leve e isso pode causar um pouco de dor, mas é necessário para obter imagens em resolução. Depois, um radiologista vai examinar as radiografias e emitir um relatório para o médico, que conversará com você sobre os resultados do exame.

No dia do exame, não use creme, talco ou desodorante. Se você estiver com suspeita de gravidez ou amamentando, tiver implantes nos seios, cicatrizes na mama ou já fez biopsias ou cirurgias na mama, informe isso para o técnico e para o médico antes de fazer a mamografia.

Quando a mamografia deve ser feita?

Atualmente, a mamografia é indicada a partir dos 50 anos como exame de rotina. Mas, pode ser pedida pelo seu médico sempre que houver necessidade de investigar alguma alteração nos seus seios. Por isso, se você perceber caroços, tiver dores, secreções ou mudanças no tamanho das mamas, procure o seu médico. Se ele achar necessário, você será encaminhada para uma mamografia de diagnóstico.

Desenvolvido por GestoMED